Evento reúne corretoras, entidades do setor, escritórios de advocacia e prestadores para debater temas importantes do setor

O 3º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro foi aberto na manhã desta terça-feira (8) no Hotel Sofitel, em Copacabana. Na solenidade de abertura, o vice-presidente Executivo da CNSeg, Luiz Tavares Pereira Filho, representando o presidente da Confederação, Marco Antonio Rossi, destacou o crescimento do setor de resseguros no País após a abertura do mercado em 2007. “O processo de abertura do setor foi demorado, mas exitoso. Estamos crescendo e a realização de um evento pujante como este demonstra este desenvolvimento”. O encontro, que será realizado até amanhã, dia 9, é organizado pela CNseg em parceria com a Abecor-Re, a Fenaber e com a Escola Nacional de Seguros.

A solenidade contou com as presenças de representantes do setor e do Poder Público. O secretário Executivo Adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, que se mostrou otimista em relação ao futuro do setor. “Estamos adotando várias medidas para atrair grandes seguradoras, que estão trazendo conhecimento, capacidade e contratando profissionais. E quando eu vejo neste evento uma grande quantidade de jovens, eu fico muito otimista”.

mesa_abertura_3_resseguro_closes_01.jpg

O secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, também esteve presente à cerimônia. Ele lembrou da tentativa de atrair em empresas do setor para o País. “Fizemos uma peregrinação em busca de resseguradores. Conversamos com muitas empresas e elas tinham receio que a abertura do setor no nível que se desejava. Hoje vemos que a abertura deu certo”.

mesa_abertura_3_resseguro_closes_02.jpg

O presidente da Fenaber, Paulo Pereira, ressaltou que o evento se consolida como o maior do setor no Brasil. Ele também observou o desenvolvimento do resseguro. “Hoje contamos com mais de 100 resseguradoras em atuação”. Já o deputado federal e presidente da Fenacor, Armando Vergílio dos Santos Júnior, lembrou que há mais resseguradoras do que seguradoras atuando no Brasil. “Isso mostra o nosso avanço”.

O presidente da Rio Negócios, Marcelo Haddad, reforçou que a Prefeitura do Rio mantém esforço permanente na promoção de um ambiente favorável aos negócios na cidade. O recém-empossado superintendente da Susep, Roberto Westenberger, destacou a importância do setor de resseguros para o mercado. “O resseguro é o grande indutor do mercado, porque é o agente responsável por avaliar as necessidades e criar novos produtos para o setor. São em eventos como este que temos a oportunidade de dialogar, debater e, nos quais, podem surgir novas ideias”.

O presidente da Escola Nacional de Seguros, Robert Bittar, citou os cursos de MBA em resseguros e seguros promovidos pela entidade, inclusive no Reino Unido. “Desta forma participamos da consolidação do nosso mercado”.